11th Brazilian Movie Festival in Paris

Since last April 29, you can participate (if you are in France, of course) of the 11th Brazilian Movie Festival in Paris. The Brazilian movie “Se nada mais der certo” (If nothing else works), is the winner of this edition (image bellow and youtube trailer at the end of the post). It took also other prizes: the best actress (Caroline Abras) and best actor (João Miguel). Another movie, “Chega de Saudade” took a prize too. “Palavra (En)cantada” – (En)chanted Word – will close the Festival that ends at May 12th. Enchanted Word is built on musical performances and a good soundtrack:  for those who love music.

senadamaisdercerto1The Festival also celebrates the fifty anniversary of “bossa nova”, Brazilian music genre created in the late 1950s in Brazil, which is immediately related to the song “The Girl from Ipanema”. The other celebration is the 100 years of the French anthropologist Claude Lévi-Strauss, born in 1908, whose book “Tristes Tropiques” – The Sad Tropics, was published in 1955 and brought curious discussions on Brazilian Indian societies, comparing the new and the ancient world.

http://www.festivaldecinemabresilienparis.com

_______________________________________________________

Desde 29 de abril, você pode participar (se estiver na França, é claro) do Festival de Cinema Brasileiro em Paris. O filme brasleiro “Se nada mais der certo” é o ganhador dest edição (imagem acima). Levou ainda outros prêmios: melhor atriz (Caroline Abras) e melhor ator (João Miguel). Outro filme, “Chega de Saudade”, também ganhou prêmio. “Palavra (En)cantada” encerra o festival, em 12 de maio. Este filme é construído sobre performances musicais e uma bela trilha: para quem gosta de música.

O Festival também homenageia os 50 anos da “bossa nova”, o gênero criado nos anos 50 e que é imediatamente linkado com a música “Garota de Ipanema”. Outra comemoração é dos 100 anos de Claude Lévy-Strauss, o antropólogo francês que nasceu em 1908, e escreveu “Tristes Trópicos”, publicado em 1955, e que traz curiosas discussões sobre as sociedades indígenas brasileiras, comparando o novo e o antigo mundo.

Se nada mais der certo – Trailer

Advertisements

2 Responses to “11th Brazilian Movie Festival in Paris”

  1. Tatiana Says:

    A fotografia é linda neste filme, mas eu gostaria de ver em algum filme brasileiro uma realidade que não envolva armas, só porque impactar pessoas virou moda não quer dizer que no Brasil só há crimes, poxa vida há tantas e tantas histórias de heróis neste nosso Brasil, as coisas não passam apenas pela visão do Rio de Janeiro…deixo aqui minha tristeza de saber que lá fora a única visão que as pessoas tem é de brasileiros que fazem de tudo para ganhar a vida e que matar e morrer é a realidade de todos…

    • educadoresurbanos Says:

      Tatiana, sua observação é válida. Acredito que hoje o tema de maior impacto midiático seja o das favelas, da criminalidade em uma sociedade que vive marginalizada. É também o tema de maior impacto em nosso dia-a-dia. Nos anos 60, por exemplo, houve uma produção farta de filmes sobre o Nordeste. No próximo post, vou falar um pouco sobre nossa filmografia, com foco histórico, e talvez fique mais fácil conviver com esta temática recorrente nos filmes modernos. Quer uma boa arejada? Dê uma volta pelos curtas do site http://www.portacurtas.com.br. Lá há uma enormidade de temas sobre a nossa realidade e condição humana além de produções muito bem cuidadas. É o oxigênio chegando… 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: